O que fazer quando perder o emprego

O que fazer quando perder o emprego

Perder o emprego é uma das coisas mais difíceis que podem acontecer conosco. Sobretudo se temos dívidas e família para sustentar. Mas é algo que não controlamos, por mais que nos esforcemos para nos qualificar e nos tornar importantes dentro da empresa isso pode acontecer com qualquer um, pelo mais diversos motivos.

Não vamos entrar aqui em detalhes técnicos sobre direitos trabalhistas, etc. O ponto aqui é como vamos resolver nossa vida daqui para frente. A solução mais óbvia é procurar outro emprego para nos sustentar, então vamos começar por aí.

Você quer esse emprego?

Esse é um dos primeiros pontos a se pensar, você está desempregado, talvez seja uma das únicas coisas que você está capacitado para fazer, mas você quer mesmo voltar a fazer isso? Para a maioria das pessoas, o trabalho é apenas uma forma de pagar as contas, são raros os casos de pessoas que amam o seu trabalho, principalmente se considerar a estrutura trabalhista em que vivemos.

Nesta estrutura começamos por baixo, com atividades repetitivas, cansativas e pouco valorizadas, é difícil imaginar alguém que realmente ama apertar parafusos ou tirar cópias de documentos, falo por experiência própria, já que exerci essas duas atividades em lugares que trabalhei. Então, conforme o tempo passa, nos qualificamos e vamos exercendo outras atividades que pagam melhor, em alguns casos gerindo pessoas e liderando equipes.

E o ponto é esse, onde você está na sua carreira, apertando parafusos? Por mais que precise do trabalho, se você focar nisso vai acabar conseguindo isso. Na maioria das organizações as promoções internas são demoradas e exigem muito dos candidatos. Porém muitas vezes recrutam alguém de fora muito menos capacitado do que os profissionais de dentro que poderiam exercer a função.

Mire mais alto, busque as qualificações necessárias e se arrisque. A oferta de vagas para profissões de base são maiores, mas também é maior a rotatividade, muitos empresários para não ter que pagar vários encargos trabalhistas contratam funcionários por 11 meses e os dispensam, é uma prática bem comum no mercado, se você se enquadrar nisso vai acabar sofrendo sempre.

Fontes de Renda

Outro ponto é que eu recomendo que você pare de procurar emprego e comece e procurar novas fontes de renda. Claro que se você está em uma situação difícil deve buscar um emprego, mas ele só te leva ao próximo passo desse ciclo contínuo. Ter outras fontes de renda vai permitir que você não fique em desespero, pois algum dinheiro está sempre entrando, além disso você pode ter múltiplas fontes de renda, que quando bem trabalhadas podem permitir que você viva delas sem recorrer a um emprego formal.

A maioria das pessoas segue uma mesma fórmula, procurar um emprego, trabalhar bastante, poupar dinheiro para a velhice. Não tem nada de errado com ela, mas é uma maneira sofrida de viver, e justifica a razão de que a maior parte da riqueza é controlada por uma minoria.

Se estudar a vida das pessoas prósperas pode notar que todas elas tem múltiplas fontes de renda, o que as permite viver com mais liberdade, pois se uma dessas fontes acabar, existem outras. Quando fazemos do emprego nossa única fonte de renda, nos tornamos reféns dele, nos sujeitando a muitas coisas que de outra forma não aceitaríamos para preservar um emprego que não queremos.

Como conseguir outras fontes de Renda

A maior parte do nosso conteúdo aqui neste site é sobre isso, você pode começar um negócio online, vender produtos, trabalhar com marketing de rede, ou como afiliado de algum produto digital. Hoje existem muitas maneiras de se fazer uma renda extra, cabe a você pesquisar e ver qual delas vai se adaptar melhor a você. Nós também temos vários cursos ensinando a construir um negócio online, como o Fórmula de Negócio Online, sugiro que dê uma olhada no curso para acelerar os seus negócios e a sua vida.

5/5 (2)

Avalie nosso artigo

Comentários